sexta-feira, 16 de abril de 2010

Monólogo...


Cá estou eu às voltas com as palavras, caçando uma a uma com sofreguidão, com uma vontade louca de expressar com elas tudo que me invade a alma...meus anseios, meus medos, minhas dúvidas, como também minhas alegrias, sucessos, amizades, amores...vontade de colocar aqui uma mulher de verdade, que adora ser mulher..mesmo com suas restrições, com seus senões...às vezes, debruço-me sobre mim mesma e me assusto..mas me assusto no bom sentido, porque deparo com alguém que é profundamente humana, carne e osso, mais carne que osso kkk, mas que carrega em seu semblante a paz que lhe veio dos céus...a tranquila paz de quem soube viver sua história sem culpas ou remorsos...
Belisco-me muitas vezes no intuito de me acordar, me despertar desse ócio sonhador...mas não tenho conseguido...acho que é meu tempo de assim ser...assim ficar...devaneios, fluidos sonhos, vontade de ficar sozinha em meu cantinho...sem me sentir sozinha...muito bom, parece que navego num lago plácido e azul ,sem balançar...sem medo..apenas navegar..olhar o firmamento azul espelhado nas águas misteriosas e profundas..
Sou uma mulher que apreciou e aprecia todas as fases por que tem passado...que procura extrair de cada uma ensinamentos válidos para se pular para outra fase..até que finalmente minha alma precise dar o pulo final no infinito...sem medo...em busca de seu Senhor!!!

2 comentários:

MarceLLa FioreLLi disse...

Nossaaaaaaaa mãe...lindo lindo e lindoooooooooooooooo...muito fã das suas palavras que me identifico e me tocam a alma!
te amo infinitamenteeeeeeeeee e te admiro sempre mais! vc arrasa....um exemplo de mulher....

Anônimo disse...

Mamadi...obrigadaaa pelo recado no blog...eu que fico feliz de saber que sigo sua linha...que orgulhooooo!!! hihihih
te amo imensamente...