sábado, 24 de julho de 2010

Avalanche de palavras...


Puxa vida...há quanto tempo estou ausente da minha atividade escrita..e confesso ainda estou meio que com preguiça, meio ausente de mim...não sei, creio que se for escrevendo ao leo kkkkk as palavras irromperão pródigas e macias para suavizar meu ego, para ordenar meu pensamento eliminando esta inércia, um ócio nada criativo...
Tantas coisas aconteceram...a vida desenrolando adoidada, na ciranda e no turbilhão dos fatos...o Loles doente, eu cuidando..muita preocupação, muito amor e ...ele está bem de novo, o meu filho amado veio do Rio, dias maravilhosos, alegres, família reunida, muito amor gratuito e envolvente, terminando meu check-up anual...e feliz com exames todos ótimos...a saúde realmente é um dom de Deus, não me canso de agradecer...
Enfim, estou calma, feliz, ontem fomos a um baile do Movimento das famílias cristãs, muito bom, dançamos até! O Loles impagável com um arquinho branco, lindo kkkk, são imagens que ficarão gravadas para sempre no relicário de meu coração, a Ileizi , linda dançando com o querido genro Luizão, a Cléia tão linda, grávida do Artur e o seu querido Waldir, nosso charada kkk ..eu me senti uma verdadeira adolescente, me esqueci da dor no joelho e deslizava no salão como uma bailarina febril e louca!
Palavras vão jorrando desordenadamente e tamborilam neste texto que pretende ativar meu poder de brincar com a linguagem...treino de quem precisa espantar esse marasmo linguístico, escrever me faz tão bem quanto a musculação..aliás esqueci de dizer, estou indo certinho, ou mais ou menos certo na academia , se chama Curves, até que eu estou gostando, e meu corpo melhorando ,só que estou sem neuras, como de tudo, faço minhas happy hours com meu amor, cerva e churras kkkk, pois meu objetivo maior é melhorar a minha resistência! Quando der na telha eu melhoro mais minha dieta, tudo sem imposições severas, pois estou numa fase em que me agradar é ponto crucial!
Só estou agora meio tristinha, por quê? ora...o Loles vai embora na terça agora, e eu me acostumei tanto com ele, preciso me reprogamar a ser só...porém com prazo de validade, porque tenho fé que ele voltará logo para os meus braços e cuidados!
Ah! a vida é assim mesmo...uma gangorra de atos benfazejos e de outros nem tanto...sobe uma alegria, desce uma tristeza, sobe uma chegada, desce uma partida...e lá vamos nós gangorrando e medindo peso com nossas ilusões...

Um comentário:

MarceLLa FioreLLi disse...

a vida é assim mesmo...uma gangorra de atos benfazejos e de outros nem tanto...sobe uma alegria, desce uma tristeza, sobe uma chegada, desce uma partida...e lá vamos nós gangorrando e medindo peso com nossas ilusões...
PALAVRAS LINDAAAAAAAAAAS,NEM PRECISA DE MUITO TREINO E JA VOLTA ESCREVER COM A ALMA...
AMO-TE MAMADI